O vazamento de radiação de Fukushima atinge um nível que mata em 20 minutos

Os níveis de radiação no ar livre na área perto da área atingida usina nuclear japonesa de Fukushima subiram tanto que pode matar uma pessoa em 20 minutos.

Tudo sobre este tema

Conforme relatado pelo  site australiano news.com.au  citando a mídia japonesa, o operador da usina, Tepco, registrou um recorde de radiação perto do tubo de aço ligando os prédios dos reatores com tubo de ventilação 120 pés alto localizados do lado de fora e que serve para evitar o aquecimento das barras de combustível nuclear. A empresa mede a radiação em oito pontos ao redor do tubo: os dois maiores taxas atingiram 15 e 25 sieverts por hora. Este é o mais alto nível de radiação já registrado: acima, a Tepco informou de 10 sieverts por hora no pipeline. Hoje, um total de 400 toneladas de água radioativa produzidos durante a limpeza no local diariamente e entrar no Oceano Pacífico. Engenheiros repetidamente admitiu o fracasso do sistema de purificação de água radioativa utilizada na planta. A empresa começou há duas semanas, a remoção das barras de combustível de urânio e plutônio da piscina, onde são mantidos refrigerados, um processo que Ele vai durar cerca de um ano, já que a fase inicial do desmantelamento da central. Na época e disse Tepco tem tudo preparado para minimizar os riscos e sua equipe que irá realizar a missão, sem qualquer controle externo.



Texto completo en: http://actualidad.rt.com/actualidad/view/113661-fuga-radiacion-fuku... - 09 dezembro de 2013

Exibições: 32

Comentar

Você precisa ser um membro de Articulação Antinuclear Brasileira para adicionar comentários!

Entrar em Articulação Antinuclear Brasileira

Fazemos parte da Frente por uma Nova Política Energética

Acesse!

Site      Facebook    Twitter

© 2019   Criado por Articulação Antinuclear BR.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço